top of page
  • Redação

TSE mantém condenação de Garotinho por crime eleitoral, e ex-governador não pode se candidatar

Anthony Garotinho tinha intenção de se candidatar a vereador do Rio nas eleições deste ano

Nesta quarta-feira (29/05), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por unanimidade, manter a condenação do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho por crimes praticados durante as eleições municipais de 2016.


 Participe do nosso grupo no WhatsApp clicando aqui


A decisão do TSE também rejeitou um pedido da defesa de Garotinho referente a um indulto natalino para anular a condenação.


Anthony foi condenado por crimes como corrupção eleitoral, associação criminosa, supressão de documento e coação de testemunhas, cometidos nas eleições de 2016 em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, onde fez sua base política até virar governador do RJ. Os fatos investigados integram a ”Operação Chequinho”, que apura a utilização ilegal do Cheque Cidadão da referida cidade.


Inicialmente, em 1ª instância, Garotinho foi condenado a 9 anos e 11 meses de prisão. Posteriormente, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), além de manter a condenação, determinou sua ampliação, passando para 13 anos e 9 meses.

Comments


bottom of page